S3i é um dos casos de sucesso de inovação na indústria

O 6º Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria faz reconhecimento aos 22 principais casos de sucesso em 2014


Caso de sucesso no livro “Inovar é fazer: 22 casos de inovação de pequenas, médias e grandes empresas", promovido pela CNI juntamente com o Sebrae, a Pred Engenharia está entre empresas brasileiras que se destacaram e foram bem-sucedidas no campo da inovação. Este sucesso se deve a iniciativa em atuar na dimensão preditiva, com o uso de métodos avançados para o gerenciamento da manutenção industrial (advindos da longa experiência na área), com sistemas operacionais para o planejamento e controle do processo. Assim nasceu o Sistema Inteligente de Intervenção Industrial (S3i), um software capaz de integrar todos os módulos e mecanismos de falha dos equipamentos industriais.

“Me sinto lisonjeado em participar de uma publicação como esta. É gratificante poder contribuir para a competitividade da indústria nacional, que necessita, mais do que nunca, otimizar seus custos na manutenção de seus equipamentos, pois este quesito representa de 20% a 40% do custo total da produção ”, comemora o diretor-presidente da Pred, Ozório Rezende.

A Pred Engenharia foi gratificada em outros prêmios voltados a inovação, como a classificação na 11ª edição do MPE Brasil, promovido pelo Sebrae e que concorreu com cerca de 93 mil empresas de todo o país, foi consideradaCaso de sucesso no Fórum Nacional de Encadeamento Produtivo, e ainda ganhou o Reconhecimento em Gestão Empresarial dentre as 200 maiores empresas do Espírito Santo, concedido pelo IEL-ES em 2014.

O Livro

Os casos descritos no livro têm características peculiares, mas todos são trajetórias de empresas que ilustram situações de administração de riscos, gestão da inovação, parcerias, apoios externos, política de propriedade intelectual, busca por visibilidade, reconhecimento e, principalmente, resultados. Os produtos e processos inovadores, criados e implementados há algum tempo, tiveram excelente desempenho e mostram que a inovação é a alternativa para o negócio sobreviver, se diferenciar e conquistar mercados.

Os projetos foram selecionados a partir dos seguintes critérios: foco na indústria; porte (micro, pequena, média e grande); possuir caso de inovação nas áreas de acesso à biodiversidade, cadeias de valor; gestão da inovação; internacionalização; modelo de negócios; propriedade intelectual e sustentabilidade. Além disso, foram considerados:  a possibilidade de o projeto ser replicado em outras realidades; o interesse estratégico (econômico, ambiental ou social); o alinhamento com a estratégia do negócio; e os resultados mensuráveis.

Das 22 empresas selecionadas, cinco são de grande porte, cinco de médio, 10 de pequeno e duas de micro. Geograficamente, estão divididas assim: São Paulo (7), Rio Grande do Sul (4), Minas Gerais (2), Santa Catarina (2), Rio de Janeiro (2), Ceará (1), Paraná (1), Distrito Federal (1), Espírito Santo (1) e Sergipe (1). São elas: Biotron, Croda Brasil, Emiatec, Fit Networks, Fotosensores, Fras-le, Fumajet, Futuragene, Gerdau, Novus, Pred Engenharia, Protect Confecções, Recepta, ROMI, Scoda Aeronáutica, Sigmarhoh, TNS, Toth Tecnologia, TOTVS, Vale, VRP e Wise.

Saiba mais

Confira o vídeo produzido pela CNI.

Confira o artigo no site do congresso.

Faça o download do artigo completo.

CNI e Sebrae lançam livro que reúne 22 casos inovadores para servir de inspiração a empresas.